Money

Wall Street não reage bem a enquete de musk no twitter e ações da Tesla sofrem queda de 4,84% na bolsa Nasdaq

09 Nov 2021 - 12h28 | Atulizado em 09 Nov 2021 - 12h28
Wall Street não reage bem a enquete de musk no twitter e ações da Tesla sofrem queda de 4,84% na bolsa Nasdaq

 

O mercado financeiro não achou graça na mais nova bravata em forma de enquete feita pelo twiteiro mais rico do mundo. O resultado final da pesquisa provocou uma baixa nas ações da fabricante de carros elétricos. As publicações do CEO da Tesla causam preocupações na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC).

A SEC não se pronunciou, mas entendeu que Musk infringiu o acordo firmado em 2018. O acerto afixava que twites expressivos relacionados a Tesla precisariam da aprovação de juristas. O descumprimento do acerto em 2019 fez a SEC enrijecer as determinações acordadas.


Musk e suas gaitices no twitter causam desconforto na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC). Foto (Reprodução/Metrópolis)


Musk paga um preço alto por causa dos chistes publicados em seu twitter e pelo convívio entusiasmado com seus seguidores na rede social. Ele foi penalizado em U$$ 20 milhões no ano de 2018 quando divulgou a possibilidade de transformar a fabricante de carros elétricos numa empresa privada  pela quantia de U$$ 420 por ativo. E garantiu que já havia o financiamento para a operação.

 Além da multa, a SEC requereu a saída de Musk do cargo de presidente da companhia. As ações da Tesla antes eram negociadas pelo valor de, U$$ 1.185,95 após queda passou à U$$ 1.133 no principio da sessão.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Opiniao-Elon-Musk-consulta-seguidores-no-twitter-sobre-o-mercado-de-acoes

https://inmagazine.ig.com.br/post/Elon-Musk-viraliza-mais-uma-polemica-envolvendo-o-Programa-Mundial-de-Alimentos

https://inmagazine.ig.com.br/post/Investimentos-em-direitos-autorais-e-uma-realidade-em-Wall-Street-que-pode-incentivar-a-cultura

O bilionário dispunha aproximadamente de 170,5 milhões de ações da montadora de veículos elétricos até 30 de junho.

A alienação de 10% dos ativos corresponderia a U$$ 21 bilhões respaldado no preço de fechamento na sexta-feira, informou a agência Reuters. Apensadas as preferências, Elon Musk tem 23% das ações da empresa.

A consultoria no twitter realizada em forma de enquete, teve mais de 3,5 milhões de votos e a maioria dos participantes decidiu pelo sim (57,9%) da venda dos 10% das ações do empresário.

O homem mais rico do mundo justifica sua atitude dizendo: “Eu só tenho ações, portanto, a única maneira de pagar impostos pessoalmente é vendendo ações. Estou preparado para aceitar qualquer uma das opções.”     

Foto destaque: Reprodução/SoCientifica

Mais Lidas