INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Aprenda a diferenciar os sintomas de dengue e leptospirose

São duas doenças com diagnósticos muito parecidos que podem ser diferenciados com algumas dicas

Foto destaque: Enchentes no Rio Grande do Sul
Foto Destaque: enchentes no Rio Grande do Sul (reprodução/Miguel Noronha)

Com as inundações e cheias no Rio Grande do Sul, as regiões afetadas ficaram propícias, junto ao arrasamento das terras e dos desaparecimentos de grande número de pessoas, a algumas doenças que tem seu pico de propagação com a água, sendo dengue e leptospirose como as principais que podem surgir nesta condição.

Diferenças entre leptospirose e dengue

Para contextualizar, dengue e leptospirose são condições que tem um diagnóstico muito parecido, em especial sobre os sintomas que o contaminado sente. A forma de adquirir cada doença muda, tendo em vista que a dengue é transmitida pelo mosquito aedes aegypti, enquanto a leptospirose tem a base da sua propagação na urina de ratos contaminados com a própria doença, algo que se torna mais perigoso em casos de enchente.

Em relação aos sintomas semelhantes, estão inclusos a febre alta, dores na cabeça, náuseas e vômitos, além da falta de apetite. Apesar da alta quantidade de igualdades, alguns sintomas são cruciais para diferenciar as duas situações.

A dengue, quando está em um grau avançado, pode causar algumas manchas vermelhas no corpo e a diminuição de plaquetas, que resultam em sangramentos nas mucosas. As dores nas articulações e atrás dos olhos também são sintomas da doença transmitida pela fêmea do mosquito aedes aegypti.

Enquanto isso, como sintomas diferentes da dengue, a leptospirose apresenta calafrios e dores musculares, com ênfase na panturrilha. Para ficar em alerta, a especialista Emy Akiyama Gouveia, infectologista do Hospital Albert Einstein, diz que a leptospirose pode contaminar a partir da ingestão de alimentos contaminados pela água advinda da enchente, que pode estar com a doença.


Vídeo do canal “Luz, Câmera e Ciência USP” sobre leptospirose (Vídeo: reprodução/Luz, Câmera e Ciência USP)

Cuidados e diagnósticos

Para prevenir-se das doenças citadas, é importante que além dos cuidados com a água e sua limpeza, sempre procurar um diagnóstico correto e confiável.

A leptospirose é diagnosticada a partir da coleta de sangue para que o examinador avalie a presença de anticorpos no paciente. Já a dengue, o principal instrumento de análise é o próprio quadro clínico do indivíduo, tendo como complemento em alguns casos, a solicitação de exames de laboratório.

Lembrando que em alguns casos, tanto a dengue quanto a leptospirose podem ser assintomáticas ou de sintomas extremamente leves, o que pode mudar algo nas recomendações de tratamento de ambas.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...