INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Balão intragástrico: entenda como funciona e quem pode realizar o procedimento 

Dispositivo colocado por via endoscópica promove a perda de peso ao ocupar espaço no estômago; procedimento pode ser realizado na pré-bariátrica

Balão intragástrico: entenda como funciona e quem pode realizar o procedimento
Foto destaque: balão intragástrico (Reprodução/Viva Bem/Uol)

O balão intragástrico é um dispositivo utilizado para o tratamento do peso e da obesidade, onde uma esfera de silicone colocada no estômago do paciente através da endoscopia. O objetivo deste procedimento, é cessar a compulsividade do paciente, sem interferir no metabolismo, levando à perda de peso.

Segundo o endoscopista Eduardo Grecco, a introdução do balão é um meio temporário para o emagrecimento. Isso porque este método, dura em média, de 6 a 12 meses no estômago do paciente. “Há também a opção do balão intragástrico deglutível, que é um balão que não necessita de endoscopia para ser introduzido. O deglutivel fica no corpo por 16 semanas, sendo dissolvida pelo organismo, ou seja, o paciente não precisa retirar esse balão”, conta o médico.


Balão intragástrico: entenda como funciona e quem pode realizar o procedimento 
Resultado do balão no estômago (Foto: reprodução/Uno Matt/Getty Images)

Para quem é indicado?

Presente no Brasil desde 1990, inicialmente, o procedimento era utilizado em pessoas consideradas superobesas (com IMC acima de 50). Entretanto, nos tempos atuais, o balão intragástrico se tornou indicado para pacientes com IMC acima de 26. “Os pacientes nas categorias sobrepeso e obesidade leve são os que possuem as melhores indicações, devido aos resultados. O balão alcança uma média de perda de peso de 15% nas pessoas que buscam esse procedimento, o que é a redução de peso ideal que esses pacientes podem atingir com a utilização do balão”, informa o doutor Grecco.

Além disso, a inserção do balão pode ser uma alternativa para pacientes que tem medo ou não pretendem realizar a cirurgia bariátrica. 

Quais os riscos?

Ainda de acordo com Eduardo, a introdução do balão intragástrico é, de maneira geral, um procedimento seguro e possuem raras complicações. Entretanto, pode acontecer casos de náuseas, vômitos e dor abdominal leve após o balão ser inserido no paciente. 

É fundamental que, ao sentir alguns dos sintomas acima, o paciente deve buscar ajudar ao atendimento médico.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...