INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Entenda sobre o tratamento com laser para candidíase de repetição e como se prevenir da doença

Candidíase é um fungo que pode acometer a região genital e causar infecção local. O corrimento tem aspecto grumoso, com coloração variada entre branco e esverdeado, sem odor.

Na grande maioria das vezes vem acompanhado de prurido (coceira) vulvar. Não é uma doença sexualmente transmissível. Para considerar candidíase de repetição, a paciente deve ter mais de 4 episódios ao longo de um ano.

Não existe faixa etária mais incidente. Por não se tratar de uma doença sexualmente transmissível, ela pode se manifestar em todas as idades, porém, é mais comum entre os 20 e 40 anos.

O ginecologista Guilherme Henrique Santos, especialista em Rejuvenescimento Íntimo, da clínica Les Peaux, esclareceu sobre os cuidados para evitar a doença e sobre formas de tratamento, entre elas com o laser.

Cuidados preventivos

A disbiose intestinal é uma das principais causas de candidíase de repetição, então conseguir melhorar os hábitos intestinais é o maior desafio no tratamento.

A paciente precisa seguir corretamente uma dieta específica durante o período de tratamento e mudar alguns hábitos diários como: dormir sem calcinha, evitar sabonete íntimo, não lavar dentro da vagina, evitar ficar muito tempo com biquini molhado, dar preferencia por calcinha de algodão, evitar roupas muito apertada e abafadas.

Seguindo essas recomendações associado ao tratamento correto, existe grande chances da paciente se curar dessa doença.

Tratamento com laser 

Os tratamentos mais comuns são utilização de medicações antifungias, como medicações orais e cremes vaginais.

O laser atua de duas formas: primeiro a energia liberada pelo laser vai criar poros dentro da vagina que aumentam a absorção de medicações e potencializam o efeito delas. Tambem auxilia na melhora das defesas naturais da vagina, promovendo um processo de regeneração das celular e da flora vaginal normal.

Inicialmente, quando a paciente vem para o primeiro tratamento, são recomendadas 3 sessões com intervalos a cada 30 dias. Associado as sessões, é muito importante que a paciente passe em uma consulta nutricional para controle de disbiose intestinal (quando a paciente tiver sintomas relacionados como constipação intestinal ou diarréia cronica) e mudar hábitos anteriormente citados.

Depois a paciente faz sessões unicas de manutenção entre 6 meses e 1 ano, dependendo dos sintomas.

Foto destaque: peça íntima feminina. Foto/Reprodução

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...