INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Anvisa aprova dose de reforço da vacina da Pfizer para crianças e adolescentes

Na última segunda-feira (5), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a aplicação da Comirnaty, vacina para Covid-19, em crianças em adolescentes. A medida se deu por meio da autorização de alteração da posologia da vacina. Dessa forma, a terceira dose será incluída na bula dos imunizantes da farmacêutica aprovados para a faixa etária de 5 a 11 anos e de 12 a 17 anos.

“As vacinas contra a Covid-19 tem apresentado, de forma geral, o decaimento dos anticorpos com o tempo, justificando a avaliação periódica da necessidade de aplicação de doses de reforço, com o objetivo de manter níveis adequados de anticorpos capazes de neutralizar o vírus causador da doença”, afirmou a Anvisa, em nota, nesta quarta-feira (7).

O Ministério da Saúde, em maio deste ano, ampliou a recomendação da dose de reforço para os adolescentes de 12 a 17 anos, independentemente das vacinas que foram tomadas na primeira e segunda doses, tendo um intervalo de quatro meses.


<blockquote class=”twitter-tweet”><p lang=”pt” dir=”ltr”>Boa notícia: Anvisa aprova 1ª dose de reforço da Pfizer para crianças de 5 a 11! <br><br>A vacina poderá ser aplicada 6 meses após a 2ª dose. Com isso, toda a população a partir de 5 anos pode receber o primeiro reforço. O próximo passo é passar pela CONITEC<a href=”https://t.co/qY31AwOtvR”>https://t.co/qY31AwOtvR</a></p>&mdash; Mellanie Fontes-Dutra (Mell)  (@mellziland) <a href=”https://twitter.com/mellziland/status/1600574157401751552?ref_src=twsrc%5Etfw”>December 7, 2022</a></blockquote> <script async src=”https://platform.twitter.com/widgets.js” charset=”utf-8″></script>

Anvisa aprova vacina para crianças a partir de 5 anos (Reprodução/Twitter)


Especialistas afirmam que o Brasil está atrasado quando se trata do público de crianças de 5 a 11 anos. Nos Estados Unidos, essa faixa etária já recebe a dose de reforço com a vacina bivalente da Pfizer. Até o momento o governo federal ainda não definiu o que fará sobre a terceira dose para os pequenos.

A Anvisa fez a avaliação dos dados clínicos enviados pela Pfizer e concluiu que os benefícios da alteração de posologia superam os riscos na aplicação da dose de reforço nessa faixa etária, dessa forma, autorizando a aplicação.

No final de novembro, a Câmara Técnica de Assessoramento em Imunizações (CTAI) aprovou a terceira dose para crianças de 5 a 11 anos. O grupo assessora o governo na tomada de decisões sobre a vacinação contra a Covid-19.

A recomendação é que todas as pessoas mantenham suas doses de reforço em dia de modo a melhorar a proteção contra casos graves e óbitos por Covid-19.

 

Foto destaque: Anvisa autoriza terceira dose em crianças e adolescentes. Reprodução/G1

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...