INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Especialista recomenda dieta para evitar o ganho de peso durante a menopausa

É comum durante o climatério, período em que antecede a menopausa, que as mulheres percebam um aumento no seu peso. Outros fatores que podem desencadear esse aumento são: as ondas de calor, irritabilidade durante a rotina e as diversas dificuldades na hora de dormir. Todos esses fatores podem influenciar na perda ou ganho de peso.

Para o médico da Associação Brasileira de Nutrologia, Tasso Carvalho, existem algumas dicas para que durante esse período seja feita uma dieta e desta forma não haja um ganho de peso tão acentuado. Para isso também é necessário que haver uma mudança no estilo de vida e também a avaliação de um médico.

“Antes da menopausa começar de fato, é normal que as mulheres passem a desenvolver uma resistência maior à insulina e isso além do aumento de peso, que também costuma ser natural, a diabetes pode surgir”, conta o especialista. As mudanças neste período hormonal contribuem para que aumente a gordura na região da barriga e tenha uma perda de potencial muscular.


Foto: Filé de salmão/ Reprodução: GaúchaZH


Por isso o médico reafirma a ideia de que as mulheres precisam adicionar alguns hábitos saudáveis e assim poderão enfrentar a menopausa de uma forma mais tranqüila e com uma qualidade de vida melhor. Os primeiros fatores importantes para ele são: ter uma qualidade de sono melhor, a inclusão de atividades físicas na rotina diária e tentar se esquivar de picos de estresse, além de claro, ter uma alimentação equilibrada.

Tassio dá algumas dicas como:

  • Evitar o consumo de alimentos inflamatórios: Os alimentos ultraprocessados e as carnes vermelhas são inflamatórios, ou seja, eles podem fazer com que determinados órgãos do corpo humano trabalhem de uma forma mais severa, causando doenças crônicas, como a inflamação do fígado. Para evitar este problema uma opção é incluir no cardápio alimentos anti-inflamatórios, como os peixes de água fria: salmão, atum e também sementes, como a linhaça que ajudam no trabalho correto dos órgãos;
  • Evitar consumir a farinha branca e se puder trocar por grãos integrais: A farinha de trigo branca, que está nos pães, bolos e massas reduzem a qualidade dos nutrientes e das fibras nas receitas. O alto consumo deste ingrediente dificulta a mudança de proteína em energia no corpo. As opções saudáveis para a troca podem ser: uso da farinha de trigo integral, farinha de côco e aquelas feitas à base de castanhas;
  • Ingerir mais fibras diariamente: As fibras têm o poder de melhorar a sensibilidade do corpo sobre a insulina, então o corpo metaboliza mais rápido o açúcar. Outros benefícios são: aumento da saciedade e melhora no funcionamento do intestino. Por isso os alimentos como: grão-de-bico, feijão, linhaça são importantes de serem consumidos diariamente;

Segundo o nutrólogo, é importante que a mulher siga as orientações de um nutricionista para ter as indicações corretas na hora de iniciar uma dieta, pois ela é quem ajuda na hora do controle do peso. Outra dica dele é sempre medir o índice de glicemia e as taxas hormonais a cada três meses para maior controle do organismo.

 

Foto Destaque: Farinha de côco/ Reprodução: Organomix+

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + sete =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...