INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Nutricionista afirma que dietas muito restritivas são difíceis de cumprir e não são efetivas

Muitas pessoas que estão buscando perder peso de maneira rápida, acabam recorrendo ao cumprimento de uma dieta restritiva. O problema é que este tipo de prática leva a pessoa a ganhar peso novamente, além de desregular todo o organismo, causando diversos outros problemas, como: cansaço, dificuldade em cumprir as tarefas diárias, irritabilidade e até distensão abdominal.

Quando a restrição alimentar é severa, as pessoas vão acabar tendo uma alimentação desbalanceada e efeitos do tipo: memória falhada, unhas fracas, queda intensa de cabelo e uma forte vontade de consumir doces e mais carboidratos, como massas, pães e farinha aumentam e prejudicam todo o organismo.


Representação de uma alimentação saudável/ (Foto Reprodução: Dra. Monica Cabral)


Para a nutricionista do Hospital Sírio-Libanês, Caroline Martins Machado, esse tipo de reação corporal é causada pelo estresse da falta de nutrientes circulando pelo organismo. “Esse tipo de manifestação são consequências de um estresse proveniente da restrição alimentar. Contudo, não só o paciente adepto desse tipo de dieta é quem sofre, as pessoas que não fazem uma alimentação balanceada e saudável também podem sofrer”, afirma.

A nutricionista explica que comer bem ajuda no funcionamento correto de todas as funções do corpo e principalmente pode evitar o desenvolvimento de doenças. Caroline pontua que o ponto inicial de analisar a restrição de nutrientes essenciais para o corpo, pois sem eles, todo o organismo terá carências e assim problemas como dificuldade para dormir, ressecamento na pele e dores de cabeça passam a ser recorrentes.


Mulher fazendo dieta alimentar/ (Foto Reprodução: Carrefour)


Dietas muito restritivas são difíceis de seguir e não são efetivas, pois num primeiro momento ela até pode ser efetiva, contudo o organismo diminui o gasto energético e aí ocorre o ‘efeito platô’, quando a perda de peso para. Aí a pessoa volta a comer e reganha o peso, porque o organismo vai armazenar mais nutrientes”, revela a médica.

A indicação de Caroline para quem deseja perder peso, é procurar por orientação de profissionais de saúde, como endocrinologistas, nutricionistas e nutrólogos. Os nutricionistas farão o plano alimentar de forma correta e os outros dois especialistas cuidarão da parte de indicar os medicamentos precisos para determinados casos. 

Foto Destaque: Mulher fazendo dieta/ Reprodução: Fortíssima

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...