INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Queiroga: “Temos o desafio de não permitir que poliomielite seja reintroduzida no Brasil”

No último sábado (24), o Ministério da Saúde realizou um ato de imunização contra a poliomielite e multivacinação, em Brasília. O evento fez parte da celebração dos 32 anos do Sistema único de Saúde (SUS) e contou com a participação do Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Desde agosto, a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite busca aumentar a cobertura vacinal contra a doença no Brasil. A ação, que já foi protelada uma vez, termina dia 30 de setembro.

“Nós trabalhamos para trazer políticas públicas do interesse da sociedade brasileira. Agora nós temos um grande desafio: não permitir que a poliomielite seja reintroduzida no Brasil”, disse Queiroga. 

De acordo com os dados do LocalizaSUS, do Ministério da Saúde, até o momento, a cobertura vacinal contra a poliomielite entre crianças é de 51,80%. A meta é de abranger o índice de cobertura de 95% para a população brasileira.  

A campanha nacional e ato realizado no sábado (24) buscam mobilizar pais e responsáveis para a imunização de crianças entre um e menores de cinco anos contra o vírus que pode causar paralisia infantil, a campanha multivacinação também realiza a atualização da caderneta de vacinação de crianças e menores de 15 anos. 


Criança recebendo dose oral contra polio (Foto/Reprodução/Freepik/Pinterest)


“Pais, mães, avós e responsáveis, levem as crianças para exercerem um direito que é delas, de ter acesso à vacina. Não queremos que doenças que já estão eliminadas há tanto tempo voltem a atingir o nosso País”, disse o Ministro.

O Programa Nacional de Imunizações (PNI) e especialistas em saúde pública advertem sobre o beneficência e importância da vacinação, para preservar a radicalização do vírus da poliomielite. O último caso da doença no Brasil foi apontado em 1989, no estado da Paraíba. O país recebeu o certificado de eliminação da doença em 1994. 


Ilustração sobre o dia mundial da poliomielite, 24 de outubro (Foto/Reprodução/Freepik/Pinterest)


Conforme a situação vacinal para o esquema primário, público-alvo são mais de 14,3 milhões de crianças menores de cinco anos de idade, as crianças de um a quatro anos só deverão tomar uma dose da Vacina Oral Poliomielite (VOP), desde que já tenha recebidos três doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP), de acordo com o Ministério. 

Segundo a pasta, até agora foram aplicadas no Brasil cerca de 6 milhões de doses.

 

Foto Destaque: Criança recebendo dose oral contra a polio. Reprodução/Freepik/Pinterest.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × um =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...