INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Saiba como uma casa bagunçada pode afetar sua saúde mental

Em algum momento da vida, a sua residência ficou completamente desorganizada: pilhas de louça na pia, roupas sujas transbordando os cestos, gordura no fogão, livros espalhados por toda a casa, sem saber por onde começar a limpar e entre outros elementos que compõem uma bela de uma bagunça. Porém, essa desorganização pode acarretar sérios riscos para a sua saúde mental.

Os riscos

A bagunça em casa incomoda o cérebro muito além daquela insatisfação ao ver tudo sujo. Ela pode gerar impactos psicológicos graves e até dar gatilhos de ansiedade. A professora da Universidade de Tecnologia de Sydney, Erika Penney, na Austrália, explica como uma simples desorganização pode bagunçar a mente de um indivíduo.

“Quando estamos cercados por distrações, nossos cérebros se tornam um campo de batalha de elementos que buscam atenção”, explica a professora. Ou seja, até as pessoas que se dizem multitarefas têm problemas com a casa bagunçada, porque é difícil para a mente iniciar algo, sabendo que tem pendências a serem feitas.

“A ordem ajuda a reduzir a competição pela nossa atenção e reduz a carga mental. Embora algumas pessoas possam ser melhores do que outras em ignorar distrações, ambientes distrativos podem sobrecarregar nossas capacidades cognitivas e de memória”, afirma a professora de psicologia clínica, Penney.

Como combater

É difícil deixar a casa completamente arrumada todos os dias; tem momentos em que a disposição para realizar tal tarefa é nula, se chega em casa cansado do trabalho e das tarefas do dia a dia. Por isso a especialista dá algumas dicas para não sobrecarregar e cansar o cérebro.

A primeira delas é: tenha um dia dedicado à limpeza. No mínimo, um dia na semana se dedique para realizar a faxina em casa, ou até contrate alguém para fazer o mesmo. Ouvir uma música que goste pode auxiliar para não deixar esta tarefa tão cansativa. A outra dica é: faça pequenas limpezas. É óbvio que é inviável deixar toda a limpeza de uma casa para somente um dia. Por isso, nos outros dias da semana, realize limpezas de pequeno porte. Lavar os pratos após o uso é uma ótima solução para a louça não se acumular.


Dicas de como manter uma casa organizada sem muito esforço (Vídeo: Reprodução/Youtube/@Desfrutando a Vida)


Justo meio

O filósofo grego Aristóteles já havia desenvolvido uma teoria chamada ‘justo meio’, que seria a mediana entre os vícios por excesso e os vícios por falta. A coragem, por exemplo, é o justo meio entre o ter medo de tudo e o não ter medo de nada. Para a limpeza de uma casa, o justo meio também é necessário, porque o perfeccionismo pode ser tão problemático quanto a desordem.

Esta compulsão por limpeza está muitas vezes relacionada ao transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e pode gerar o mesmo tanto ou até mais problemas para a saúde do que uma bagunça. Isso acontece porque o perfeccionismo também causa problemas graves de ansiedade.

 

Foto destaque: Especialistas revelam o impacto que uma casa bagunçada pode ter na saúde mental de uma pessoa. Reprodução/Rachel-Claire/Pexels

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + cinco =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.