INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Síndrome de Burnout: o que é, sintomas e tratamento

A Síndrome de Burnout, também conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional, é uma condição mental que surge quando uma pessoa enfrenta situações de trabalho extremamente desgastantes, caracterizadas por alta responsabilidade e competição excessiva. Essa síndrome se desenvolve devido à sobrecarga de trabalho combinada com pressão intensa.

 

Além disso, um dos fatores que contribuem para o surgimento da Síndrome de Burnout é a imposição de metas difíceis de alcançar por parte dos chefes aos seus funcionários. Muitas vezes, as pessoas podem não estar aptas para tantas funções ou já estar sobrecarregadas com outras atividades, o que dificulta o cumprimento de tantas demandas colocadas, levando a uma sensação de sobrecarga e, ao mesmo tempo, de insuficiência, uma vez que o indivíduo deseja realizar o que lhe é solicitado, mas não possui aptidão necessários para isso. Ou até casos em que a pessoa se sobrecarrega para mostrar que é capaz.

 

O termo “Burnout” é de origem inglesa e é formado pela combinação das palavras “burn” (queimar) e “out” (exterior). Portanto, a Síndrome de Burnout pode ser descrita como um processo de queima de energia do exterior para o interior, ou seja, fatores externos que exercem uma pressão intensa sobre a mente. Essa condição pode levar a estados graves de depressão e episódios de ansiedade, tornando a prevenção extremamente importante, por isso separamos alguns sintomas iniciais da síndrome de burnout.


 

Homem exausto no trabalho. Reprodução/Freepik


Sintomas:

De acordo com o Ministério da Saúde esses sãos os principais sintomas do Burnout:

  1. Cansaço excessivo, físico e mental;
  2. Dor de cabeça frequente;
  3. Alterações no apetite;
  4. Insônia;
  5. Dificuldades de concentração;
  6. Sentimentos de fracasso e insegurança;
  7. Negatividade constante;
  8. Sentimentos de derrota e desesperança;
  9. Sentimentos de incompetência;
  10. Alterações repentinas de humor;
  11. Isolamento;
  12. Fadiga.
  13. Pressão alta.
  14. Dores musculares.
  15. Problemas gastrointestinais.
  16. Alteração nos batimentos cardíacos.

É importante ressaltar que os sintomas começam de forma leve, às vezes até imperceptíveis, mas que se forem regulares o ideal é buscar uma ajuda psicológica ou psiquiátrica rapidamente pois pode ser um burnout.Entre a vida corrida e os estresses no trabalho muitas pessoas negligenciam e deixam para depois, porém o burnout pode desencadear casos severos de depressão, ansiedade, crises de pânico.

 

Autocuidados necessários

  • Tente estabelecer pequenos objetivos de cada vez dentro da sua vida pessoal e profissional;
  • Exclua o pensamento de que o que é produtivo é fazer várias atividades ao mesmo momento;
  • Curta o seu momento de lazer;
  • Esteja com amigos e familiares;
  • Busque terapia ao sentir sintomas de Burnout, para receber o diagnóstico e fazer o tratamento precoce;

Foto Destaque: Mulher cansada trabalhando. Reprodução/Freepik.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...