INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Sobe para cinco o número de casos de Varíola do Macaco no Brasil

Confirmados o quinto caso de Varíola do Macaco no Brasil. A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS-Rio) confirmou o aumento nesta quarta-feira (15), o primeiro caso de Monkeypox na cidade.

Segundo informações da pasta, a vítima é um brasileiro, de 38 anos, mas que mora em Londres, na Inglaterra. Ele chegou ao Brasil no sábado (11) e, no dia seguinte, procurou atendimento médico no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fundação Oswaldo Cruz (INI/Fiocruz).

Também segundo a secretaria, as amostras clínicas foram encaminhadas ao Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que é referência nacional. O resultado positivo para Varíola do Macaco foi liberado ontem (14).

Ele está com sintomas leves, em isolamento domiciliar e sob o monitoramento da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS-Rio). Todos os seus cinco casos estão em investigação para orientações e monitoramento”, informou a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro.


Já são cinco casos confirmados de Varíola do Macaco no Brasil.Foto destaque: Reprodução/Shutterstock


Varíola do Macaco em São Paulo

Foi informado que além do Rio houve a notícia de outro registro de Varíola do Macaco, desta vez no estado de São Paulo. Trata-se de um homem de 31 anos, que mora na capital. 

Segundo o ministério, o paciente tem histórico de viagem para a Europa, com retorno ao Brasil na segunda-feira (6). “O caso também foi confirmado laboratorialmente com exame RT-PCR, seguido de sequenciamento pelo Instituto Adolfo Lutz”, informou a pasta.

Ainda segundo o ministério, as medidas de controle foram adotadas de forma imediata, como isolamento e rastreamento de contatos em voo internacional com o apoio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O Ministério da Saúde se mantém em articulação direta com os estados, por meio da Sala de Situação e do CIEVS Nacional, para monitoramento dos casos e rastreamento dos contatos.

Varíola do Macaco em MG

Nesta quarta-feira (15), a Fundação Ezequiel Dias descartou a possibilidade da morte de um homem, de 41 anos, em Minas Gerais, ter sido causada pela Varíola do Macaco.

Trata-se de um homem de 41 anos, sem histórico de viagem e sem contato com caso suspeito ou confirmado para a doença. As causas do óbito ainda estão em investigação”, concluiu o ministério

Varíola do Macaco no Brasil

Segundo a pasta, o Brasil registra cinco casos confirmados de Varíola do Macaco, sendo três em São Paulo, um no Rio Grande do Sul e um no Rio de Janeiro. Oito casos seguem em investigação.

Varíola do Macaco: sintomas

Os primeiros sintomas podem ser febre, dor de cabeça, dores musculares e nas costas, linfonodos inchados, calafrios ou cansaço. De 1 a 3 dias após o início desses sintomas, as pessoas desenvolvem lesões de pele que podem estar localizadas em mãos, boca, pés, peito, rosto e ou regiões genitais.

 

Foto de Destaque: Reprodução/Berkay Ataseven/Shutterstock)

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...