INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Estudo revela impacto das dietas na saúde mental e cognitiva

Pesquisa abrangente indica que dietas equilibradas são fundamentais para o bem-estar psicológico, alerta sobre riscos das restrições alimentares

Alimentos que estão presentes em uma dieta
Pesquisadores afirmam que uma dieta equilibrada, sem restrições, é mais benéfica para a saúde mental e cognitiva do que dietas restritivas (Foto: reprodução/Freepik)

Manter uma alimentação equilibrada é crucial para promover uma vida mais saudável tanto fisicamente quanto mentalmente. De acordo com uma pesquisa recente publicada na revista Nature Mental Health, foi analisado o impacto de quatro tipos de dietas na saúde mental e função cognitiva. Concluiu-se que uma dieta que não restrinja nenhum grupo alimentar e inclua uma variedade de nutrientes pode ser a mais vantajosa.

O estudo investigou os padrões alimentares de mais de 180 mil adultos no Reino Unido, dividindo-os em quatro grupos: dieta sem amido ou com baixo teor de amido, vegetariana, com alta ingestão de proteínas e baixa em fibras, e equilibrada (sem restrições). A maioria dos participantes seguia uma dieta equilibrada, e entre estes, observou-se resultados superiores em relação à saúde mental e função cognitiva em comparação com os outros grupos.

Motivos da adoção de dietas restritivas

Um estudo recente, que foi publicado no periódico Perceptual and Motor Skills e conduzido por pesquisadores do Brasil e de Portugal, explorou as principais razões por trás da adoção de dietas restritivas. Foi constatado que as motivações mais comuns para esse comportamento incluem preocupações com saúde, humor, controle de peso e questões éticas relacionadas ao consumo de alimentos naturais.

No entanto, os pesquisadores advertem que essa prática entra em conflito com o Guia Alimentar para a População Brasileira, que promove uma abordagem de alimentação saudável sem restrições excessivas ou rigidez.

Dieta rica em proteínas e vegetariana


Estudo revela impacto das dietas na saúde mental e cognitiva
Estudo destaca que uma dieta equilibrada está ligada a uma melhor saúde mental e cognitiva (Foto: reprodução/Freepik)

Aqueles que escolheram uma dieta com alto teor de proteínas e baixo teor de fibras demonstraram uma redução no volume de massa cinzenta numa região cerebral envolvida na coordenação dos movimentos corporais, em comparação com os seguidores de uma dieta balanceada. Adicionalmente, houve um aumento no risco de distúrbios mentais entre aqueles que aumentaram o consumo de frutas e vegetais enquanto restringiam outros grupos de nutrientes.

Por outro lado, os seguidores de uma dieta vegetariana exibiram um maior volume de massa cinzenta em áreas cerebrais ligadas à transmissão e integração de informações sensoriais. O estudo sugere que uma dieta equilibrada, sem restrições específicas, está associada a uma melhor saúde mental e função cognitiva, embora outros fatores como sono, exercício físico e gestão do estresse também sejam importantes.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...