INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Estudo revela que utilização frequente de bombinhas pode aumentar crises de asma

O estudo realizado no Brasil afirma que a SABA não deve ser utilizada em tratamentos longos para evitar riscos

Paciente com bombinha
Foto destaque: Paciente com bombinha (reprodução/P Deliss/Getty Images Embeed)

O uso excessivo de bombinha para tratamento da asma pode fazer com que o risco de reações graves à doença aumente. Essa constatação foi publicada por um estudo global chamado SABINA que significa “SABA use IN Asthma” (Uso de SABA na asma). A pesquisa patrocinada pela biofarmacêutica AstraZeneca, analisou dados do Brasil e foi divulgada pelo Jornal Brasileiro de Pneumologia. 

A SABA é um tipo de medicamento de curta duração muito prescrito para aliviar os sintomas da asma, fazendo com que os brônquios se dilatem, facilitando assim a entrada de ar no pulmão durante as crises. Essa bombinha não é recomendada para um tratamento a longo prazo, mas a pesquisa revelou que no Brasil ela é receitada em excesso e que isso pode estar piorando o quadro de diversas pessoas que acabam recorrendo a corticosteroides orais, que causam mais efeitos colaterais. 

O que diz o estudo

A análise no Brasil foi realizada nas regiões do Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste, especificamente em serviços públicos e privados. Foram entrevistados cerca de 218 pacientes asmáticos sobre o uso da bombinha, 80,3% afirmaram que foram receitados com a SABA e terapia de manutenção, utilizando uma média de 11,2 frascos do remédio, nos 12 meses antes da pesquisa. 


Criança utilizando bombinha (Foto: reprodução/RainStar/Stock/Getty Images Embeed)


Dos entrevistados, 71,4% receberam uma receita com três ou mais frascos, enquanto 42,2% tiveram disponível de dez ou mais frascos. Também foi descoberto que 49,1% dos pacientes tratados com o inalador apresentaram um aumento de exacerbações da doença, gerando inflamação pela asma, comprovando que o uso descontrolado traz riscos à saúde. 

Um dos autores do estudo e professor da Faculdade de Medicina de Goiás, Marcelo Rabahi, declarou que estes dados são preocupantes e mostram um padrão de medicação que não está em conformidade com a literatura médica. 

Uso inadequado e solução 

Rabahi afirma que isso pode estar relacionado ao uso inadequado da SABA, o inalador não é fabricado para tratar a doença e sim para aliviar rapidamente sintomas. Ele comenta que os profissionais de saúde precisam saber dessa diferença para evitar medicações erradas e agravamento da asma. 


Bombinha de asma (Foto: reprodução/Peter Dazeley/Getty Images Embeed)


Outro fator ligado ao caso seria a automedicação, alguns pacientes, por terem dificuldades para conseguir os remédios de controle pelo alto custo ou falta de acesso, recorrem à automedicação com a SABA. Os pesquisadores afirmam que essa não é uma prática a ser seguida e que o Ministério da Saúde oferece os remédios gratuitos. 

Em 2019, o Comitê Diretivo da Iniciativa Global pela Asma (GINA) recomendou que fosse utilizado o broncodilatador de corticoide inalatório para tratamento e, em 2020, a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia declarou que não usasse SABA com monoterapia no procedimento.

Ambas as recomendações foram feitas para buscar uma solução e diminuir a utilização do medicamento e a piora da asma, especialistas também indicam a inclusão de programas de atualização e educação aos médicos, auxiliando-os a entender os riscos e a como prescrever melhores tratamentos aos asmáticos. 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...