INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Saúde e Bem Estar

Gel contraceptivo para homens pode estar perto de ser concluído

Segundo os pesquisadores, não foi observado ainda o mesmo tipo de alteração de humor e depressão que as mulheres quando utilizam remédios anticoncepcionais.

Gel contraceptivo para homens pode estar perto de ser concluído
(Imagem: New Africa/Shutterstock)

Pesquisadores americanos do Instituto Nacional de Saúde (National Institutes of Health) em parceria com a organização Conselho Populacional (Population Council), começaram a dar indícios que estão realizando avanços no desenvolvimento de uma alternativa de contraceptivo para o público masculino.

O produto ainda está em fase experimental, para utilizá-lo os homens vão ter que esfregar um gel hormonal nos ombros pelo menos uma vez ao dia. Depois de um certo período de utilização do produto ele irá bloquear a produção de espermas.

O gel será composto de dois hormônios: a nestorona e a testosterona, que é o hormônio sexual masculino. A função da nestorna será de impedir a produção de testosterona nos testículos e com isso parar o desenvolvimento do esperma.

Desde 2005, os pesquisadores vêm moldando a dosagem e a concentração de gel. No estudo mais recente os cientistas contaram com cerca de 300 casais.


Gel contraceptivo para homens pode estar perto de ser concluído
Um gel que diminui a quantidade de esperma pode se tornar o primeiro contraceptivo hormonal para os homens (Foto: reprodução/David Davies/PA/AP/File)

O gel contraceptivo vem mostrando bom desempenho em estudos

Em um dos ensaios clínicos sobre o gel, pode ser observado um desempenho expressivo de 86% dos homens com baixa quantidade de espermatozoides após 15 dias de uso do produto. Mesmo que a produção de espermatozoide fosse quase que totalmente suprimida, o homem pode deixar de usar o produto por um ou dois dias, que somente depois de 8 a 10 semanas a quantidade de espermatozoides alcance o nível que poderia causar gravidez.

Para Diana Blithe, uma das principais pesquisadoras envolvidas no desenvolvimento do produto. O gel faz com que os hormônios parem se acumular na pele e criar uma reserva que vai sendo liberado de maneira lenta. Por causa disso o gel tem se saído melhor do que outras tentativas de contraceptivo masculino.

Ainda segundo Blithe, os resultados devem ser publicados em uma revista médica em breve, e por isso não foi revelado se teve alguma gravidez indesejada durante a pesquisa.

Homens que participaram dos ensaios foram alertados que ao longo da pesquisa poderiam passar por alguns efeitos colaterais como pele seca ou mais oleosa, perda ou mais crescimento de cabelo e até mesmo um aumento ou diminuição da libido. Inclusive, mesmo após pararem de usar o gel alguns participantes do projeto se tornaram pais, o que indica que o tratamento é reversível.

Os cientistas selecionaram para o estudo os casais que estavam em um relacionamento sério e que se comprometeram com o ensaio por dois anos.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...