INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Tech

Brasil está entre os países que mais usam IA

De acordo com um levantamento da Traffic Analytics, em janeiro deste ano, os brasileiros foram responsáveis por mais de 5% do tráfego do ChatGPT

Chatbots condicionam planejamentos das big techs
Foto Destaque: meta não fica atrás de outras empresas e lança seu chatbot (reprodução/Startupi)

A pesquisa quantificou um total de 2,4 bilhões de acessos globais no primeiro mês de 2024, na OpenIA. Desse número, correspondente a um aumento de quase 180% em relação ao mesmo período de 2023, 5,16% vieram do Brasil. O país, portanto, ficou na quarta posição, perdendo apenas para Estados Unidos (19,78%), Índia (11,62%) e Indonésia (6,17%), nesta ordem. 

O estudo feito pela empresa Semrush, de gerenciamento de dados de visibilidade on-line, trouxe os seus outros seis colocados presente no TOP-10: Filipinas (4,72%), Alemanha (2,85%), Canadá (2,7%), Reino Unido (2,67%), França (2,35%) e Espanha (2,01%), respectivamente. Os homens, com 67,5% foram os usuários que mais acessaram a plataforma, e a faixa etária mais incidente percebido inclui pessoas entre 25 e 34 anos.


Seis meses após o lançamento do ChatGPT, já havia 170 milhões de usuários na plataforma (Foto: reprodução/InvestNews)

Nova era da web

A inteligência artificial simplesmente está revolucionando a vida no século XXI. Hoje, sistemas computacionais conseguem realizar um atendimento ao cliente, analisar informações pessoais para a concessão de empréstimos bancários, recomendar conteúdos em plataformas de streaming, direcionar adequadamente uma propaganda, entre outras atividades “humanas”. As empresas, cientes desse potencial de produzir mais, com um menor custo, estão em uma corrida pela liderança nessa área, como os assistentes de chatbot.

Em novembro de 2022, o ChatGPT foi inaugurado. Após três meses, veio o Bing Chat, o agora Microsoft Copilot. Depois, a Google lançou a Bard, contemporânea da Grok, da companhia xIA, do bilionário Elon Musk. Até 2040, o Fundo Econômico Mundial acredita que as IAs impactarão economicamente em 4,4 trilhões de dólares no mundo. No Brasil, conforme o Mapa do Ecossistema dos Bots, em setembro do ano passado, já haviam mais de 144 mil chatbots ativos. 

Movimentação no Palácio do Planalto

Inclusive, nesta quinta-feira (07), o presidente Lula pediu aos membros do Conselho nacional de Ciência e Tecnologia para elaborar um plano nacional de inteligência artificial. A ideia é que a nação não se torne apenas uma espectadora do que acontece na Europa, EUA ou China, e se estabeleça competitivamente neste mercado.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − seis =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...