INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Tech

Blockchain: descubra quais são os mitos e verdades da tecnologia

Muito tem se discutido sobre o Metaverso e NFTs desde os últimos meses e isso se dá pela popularização dessas tecnologias entre personalidades influentes na sociedade, como magnatas, artistas e atletas. Ambos os tópicos são ramificações de uma categoria maior que classifica quase todos os tipos de transações financeiras e ativos digitais na internet: o blockchain. Esta é a tecnologia apontada há anos como importante e revolucionária, englobando desde o sistema financeiro ao de entretenimento.

Segundo a CEO e fundadora da InspireIP, Carolina Nunes, tais tecnologias (como o NFT) não representam uma bolha em si, embora exista bastante euforia com relação aos temas. A InpireIP é uma plataforma de propriedade intelectual, elaborada a fim de facilitar o registro de marcas, direitos autorais e patentes no Brasil utilizando blockchain.

Nunes elencou alguns mitos e verdades sobre NFT’s, o Metaverso e outros elementos importantes da premissa original do blockchain, além de reforçar o valor de equilibrar o que é tendência , moda ou euforia.


Ativos digitais utilizados para transações financeiras no blockchain. (Foto: Reprodução/Thought Catalog).


MITOS

Redes de blockchain estão destruindo o meio-ambiente

“Esse é um dos mitos mais famosos sobre NFTs. No começo da onda, em 2020, eu ouvi muita gente criticar a tecnologia por fazer mal ao meio ambiente. Mesmo que a Ethereum, principal rede de blockchain para NFTs, tenha um alto consumo de energia, os tokens são apenas uma pequena parte da rede. Ainda que não existissem, a rede continuaria operando no mesmo ritmo. No mais, boa parte da energia consumida vem de fontes renováveis. O segundo ponto é que os marketplaces de NFT estão, cada vez mais, usando blockchains eco-friendly, desde a criação até a comercialização, redes como Polygon, Wax e Tezos são exemplo.”

NFTs são uma bolha

“9 em cada 10 pessoas que vêm me perguntar sobre NFTs levantam o ponto de NFT ser uma bolha. Minha resposta é sempre a mesma: estamos vivendo em uma onda de NFTs, talvez isso faça com que o valor de alguns projetos aumente mais do que deveria, mas isso não quer dizer que a tecnologia é uma bolha. Primeiro, o hype é extremamente necessário para o desenvolvimento dos NFTs em seu potencial completo. É o que faz as pessoas entrarem nesse universo e se interessarem em saber mais. Os NFTs trouxeram ao universo digital a escassez e exclusividade. Esses atributos somente existiam no mundo físico, o que era extremamente limitante.”

Tokens são apenas imagens caras

“Os tokens não são apenas imagens. Eles são uma mistura de contratos inteligentes que rodam na blockchain e armazenamento do arquivo em um banco de dados descentralizado. É uma fórmula complexa para atribuir escassez a ativos digitais. O mercado está dando o preço dos NFTs colecionáveis, assim como funciona no universo físico de arte. E sabemos que o valor de obras de arte é extremamente subjetivo, seja no físico ou no virtual.”

 

VERDADES

NFTs não podem ser copiados

“‘Posso clicar com o botão direito do mouse e copiar o NFT’. Não, não pode. Você pode copiar a imagem do NFT, mas não conseguirá copiar o NFT em si. Como eu disse no tópico anterior, NFTs envolvem uma combinação complexa de armazenamento descentralizado e blockchain, e cada NFT tem seu próprio ‘número de série’. Pense assim: Se você tirar uma foto da Mona Lisa, agora você possui a obra de arte? Certamente isso nem passa pela sua cabeça. Pois é, NFTs funcionam da mesma forma.”

Metaverso impulsionado pela tokenização

“Metaverso não é algo que é tão novo assim. Alguns exemplos como Second Life e Minecraft já existem há anos, e podem ser considerados metaversos na essência da palavra. O termo voltou à tona impulsionado, em grande parte pelas NFTs e criptomoedas, já que agora é possível ter uma economia funcional nesses mundos virtuais, bem como itens únicos e exclusivos. NFT é a pecinha que faltava no quebra-cabeça do metaverso.”

NFTs estão apenas no começo

“Os NFTs estão se difundindo cada vez mais, e em 2022 começaremos a ver empresas adotando a tecnologia pela funcionalidade, a exemplo de ingressos em forma de NFTs, ou a utilização da tecnologia para o mercado imobiliário. No mais, estamos caminhando para melhorar, cada vez mais, a acessibilidade dos NFTs, facilitando o uso para a população. Além disso, bancos e investidores esperam que os NFTs cheguem a um valor de mercado de até 80 bilhões neste ano, dobrando os valores do ano passado.”

Foto de destaque: Reprodução/Datamex.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 1 =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...