INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Tech

Evento de agrotech em Chicago mostra que cidade está inovando no setor alimentar

A cidade de Chicago está inovando em tecnologias alimentares e agrícola, e hoje é a líder dos Estados Unidos nesse quesito, em um evento realizado na quarta e quinta da semana passada chamado de “Future-of-Food Chicago Venture Summit”, foram apresentadas novas startups a líderes do setor na Cidade. 

De acordo com um boletim divulgado pelo centro de pesquisa do World Business Chicago, a indústria de processamento de alimentos e bebidas de Chicago é a maior dos Estados Unidos, e gera aproximadamente US$ 9,4 bilhões (R$ 45,11 bilhões) em produção e emprega 65.000 pessoas.  

Esse setor está ganhando muita força em Chicago e nos Estados Unidos, a cidade está dentre os três principais polos de inovação do país. As startups de inovação alimentar de Chicago arrecadaram US$ 723 milhões (R$ 3,4 bilhões), isso significa um aumento de 508% comparado com 2019. O primeiro trimestre de 2022 também já mostra que vai ser um ano favorável para as empresas, já que elas arrecadaram US$ 111 milhões (R$532,7 milhões). 

Novos produtos, processos e serviços tem sido desenvolvido, por isso esse crescimento da indústria, que consegue atender às necessidades que estão em constante mudança dos consumidores. Esse ecossistema de inovação alimentar de Chicago possui mais de 2.800 empresas, dentro desse ecossistema existe uma rede de startups locais e corporações já estabelecidas, como McDonald´s, Mondelez, ADM e Kraft Heinz. 

Durante o evento tiveram algumas empresas que se destacaram. A Aqua Cultured Foods usa fermentação microbiana, a empresa desenvolveu frutos do mar com qualidade de sushi a partir de corte de músculo inteiro. Os produtos ricos em proteínas e fibras, não transgênicos e livre de antibióticos arrecadaram no final de 2021 US$ 2,1 milhões (R$10 milhões).


                                                 

Foto: Perteet Spencer e Fred Spencer, cofundadores da AYO Foods (Reprodução/Black enterprise)


A AYO Foods usa ingredientes de dezessete países da África Ocidental, a empresa oferece pratos artesanais da África Ocidental, os cofundadores Perteet Spencer e Fred Spencer lançaram a AYO Foods um ano depois de criarem um negócio de alimentos congelados que levavam autenticidade para o setor de congelados. 

A BiomeSense é uma startup local criada na Universidade de Chicago, os cofundadores Kevin Honaker e Jack Gilbert criaram a startup com a premissa de transformar a capacidade de entender e alavancar o microbioma humano para uma saúde melhor. O BiomeSense funciona como uma plataforma de análise e rastreamento do microbioma intestinal. 

 

Foto destaque: Agro Tech. Reprodução/29Horas.com

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 17 =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...