INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Tech

Microsoft enfrenta dificuldades para comprar Blizzard e deve partir para plano B

Em janeiro de 2023, a gigante do mundo da tecnologia, Microsoft tentou comprar a Blizzard Activision, porém a movimentação foi bloqueada no Reino Unido por conta da preocupação com a utilização do armazenamento em nuvem. Existem também fortes indícios que a FTC dos Estados Unidos, órgão responsável pela proteção do consumidor e aplicação da lei contra o monopólio, fará o possível para bloquear o acordo entre as duas empresas.

Além das dificuldades legislativas, a Microsoft enfrenta outro problema na compra da Blizzard, o financeiro. A transação para a aquisição por parte da Microsoft pode passar dos US$ 70 bilhões, equivalente a R$349 bilhões.

Com estes problemas praticamente impossíveis de resolver, talvez a Microsoft devesse buscar outra oportunidade de aquisição.


<blockquote class=”twitter-tweet”><p lang=”pt” dir=”ltr”>Pronunciamento oficial da Microsoft sobre o bloqueio da CMA na aquisição da Activision Blizzard:<br><br>&quot;Continuamos totalmente comprometidos com esta aquisição e iremos recorrer. A decisão da CMA rejeita um caminho pragmático para abordar questões de concorrência e desencoraja a… <a href=”https://t.co/wMZHd4Vzvs”>pic.twitter.com/wMZHd4Vzvs</a></p>&mdash; Xbox Originals (@XBOriginals) <a href=”https://twitter.com/XBOriginals/status/1651190905481621504?ref_src=twsrc%5Etfw”>April 26, 2023</a></blockquote> <script async src=”https://platform.twitter.com/widgets.js” charset=”utf-8″></script>

Pronunciamento oficial da Microsoft. Reprodução: Twitter


Com o novo lançamento da Eletronic Arts (EA),” Starwars Jedi: Survivor”, a EA ganhou muita notoriedade e espaço no mercado dos games de todo o mundo. Mesmo com a valorização causado por seu mais novo lançamento, a Eletronic Arts possui o valor de mercado equivalente a US$35 bilhões (R$174,35 bilhões), metade do valor que seria gasto pela Microsoft para a aquisição da Blizzard.

Além do menor custo, a EA seria mais vantajosa para a Microsoft por possuir muitas franquias de sucesso, como: Call of Duty, Apex Legends, EA Sports FC (antigo FIFA), UFC, Need for Speed. Além dos jogos para mobile.

Mas nem tudo são flores, caso a Microsoft compre a EA, a franquia Call of Duty, não estaria inclusa nas negociações. A franquia, apesar de ter recebido uma enxurrada de críticas nos últimos anos, ainda é uma grande fonte de lucros da Eletronic Arts.

Além disso, a Microsoft teria que enfrentar a Sony para que os jogos que pertencem a EA se transformassem em exclusivos do Xbox. Inclusive jogos que atualmente são exclusivos da Sony, como o “Starwars Jedi: Survivor”.

Foto destaque: Sede da Microsoft nos Estados Unidos

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...