INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Tech

Tiktok mira na liderança do Youtube diz eMarketer

O reinado de mais de 17 anos do Youtube se vê ameaçado pela primeira vez. A consultora eMarketer, uma das principais do mercado sobre redes sociais, marketing e tecnologia do mundo enxerga dessa forma a situação. A liderança do Youtube cada vez mais percebe a ameaça das novas plataformas, entre elas o Tiktok, que atrai tanto a audiência, quanto criadores de conteúdo.

Vídeos maiores para atrair criadores de conteúdo

Nota-se que o Tiktok mira voos mais altos há algum tempo, já que bem recentemente a plataforma começou a permitir vídeos com até três minutos, sendo bem mais longos que os 15 segundos em seu início. Porém, recentemente em fevereiro de 2022 eles deram um passo ainda maior e informou que irá aumentar o limite de seus vídeos para até 10 minutos. E esses movimentos não passaram despercebidos pela Google.


 

    (Foto: reprodução/TecMundo)


Mais de dois terços da população dos EUA e mais de três quartos dos usuários da internet visitaram o YouTube mensalmente em 2021. Além disso, todo mês, mais pessoas assistiram vídeos na plataforma no ano passado do que usaram o Facebook (225,8 milhões em comparação com 179,1 milhões, respectivamente). Mas o aumento na visualização de vídeos em outras plataformas sociais – principalmente TikTok – está consumindo o domínio do YouTube. Com mais locais exibindo vídeos, a atenção do usuário está começando a se dividir”, contou o relatório da eMarketer.

O Tiktok informou em setembro de 2021 que atingiu a marca de 1 bilhão de usuários ativos por mês em todo mundo, sem considerar os números da Douyin, versão criada para a China. Feito consolidou o crescimento da rede social visto que nada menos que o Instagram precisou de três anos a mais para alcançar está marca.

A ameaça é imediata?

Apesar disso o Tiktok ainda não representa uma mudança completa de cenário, já que a plataforma de vídeos do google está a frente ainda em todos os números totais de usuários. “O YouTube terá mais do dobro de usuários mensais do TikTok este ano (230,6 milhões em comparação com 90,6 milhões, respectivamente). Mais da metade das crianças de até 11 anos, essencialmente a Geração Alfa, usará o YouTube este ano, em comparação com apenas 4,6% no TikTok.

Por geração, o YouTube terá quase o dobro da penetração do TikTok entre os millennials este ano, quase quatro vezes mais Geração X e cerca de oito vezes a penetração entre os Baby Boomers. “Entre os adolescentes americanos de 12 a 17 anos, 87,6% usarão o YouTube mensalmente este ano, enquanto 65,3% usarão o TikTok, de acordo com nossas previsões. A penetração do YouTube está atingindo um teto, enquanto a do TikTok ainda está crescendo rapidamente. O YouTube aumentará apenas 1,5 ponto percentual este ano em comparação com 2020, enquanto o TikTok aumentará mais de 13 pontos (de 51,7%). Em 2025, haverá 24,2 milhões de usuários do TikTok nos EUA com idades entre 18 e 24 anos e 26,6 milhões de usuários do YouTube nos EUA”, conclui o relatório.

 

Foto destaque: reprodução/ Propmark

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...