INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Tech

ESA e Airbus criam satélite para prever e prevenir tempestades solares

‘Vigil’, satélite da ESA e Airbus, promete prever tempestades solares e proteger telecomunicações e energia na Terra

Sede da esa
Foto destaque: Prédio da esa (RICCARDO MILANI/Hans Lucas/AFP/Getty Images embed)

A Agência Espacial Europeia (ESA) firmou um contrato significativo com a Airbus para a construção do satélite ‘Vigil’, um dispositivo avançado destinado a prever tempestades solares e minimizar seus impactos na Terra. O acordo, que esta sendo avaliado na casa dos 340 milhões de euros (aproximadamente R$ 1,76 bilhão), tem como objetivo salvaguardar infraestruturas essenciais, como telecomunicações, distribuição de energia, satélites e aviação, contra os efeitos devastadores dessas tempestades

Tempestades solares podem causar grande dano a economia

As Tempestades solares são um evento que ocorre quando o Sol emite erupções de energia na forma de partículas e radiação, quando essas partículas colidem com o campo magnético da Terra elas podem causar desde espetáculos luminosos, como auroras boreais, até sérias interrupções em redes de telecomunicações e outras infraestruturas críticas. No início deste mês, uma dessas tempestades gerou uma “onda” de auroras boreais visível em várias partes do mundo, destacando a necessidade de monitoramento e previsão mais precisos desses eventos, que em alguns casos podem ser brutais até mesmo para economia de alguns países.


ESA comemorou anúncio do ‘Vigil’ em sua conta no X (reprodução/X/esa)

O satélite chamado ‘Vigil’ será posicionado a uma distância de aproximadamente 150 milhões de quilômetros da Terra, proporcionando uma visão antecipada de quatro a cinco dias dos comportamentos solares antes de seus efeitos serem sentidos no nosso planeta. Esse posicionamento estratégico permitirá que a ESA emita alertas mais rápidos e detalhados sobre o clima espacial, potencialmente evitando prejuízos significativos.

“O Vigil vai melhorar drasticamente tanto o tempo dos alertas de clima espacial quanto o nível de detalhamento deles por conta do posicionamento do satélite no espaço profundo“

Josef Aschbacher, diretor-geral da ESA

O satélite, com peso estimado de pouco mais de duas toneladas, vai ser equipado com seis instrumentos de medição, quatro dos quais serão produzidos na Europa. O lançamento do ‘Vigil’ está programado para 2031, e a expectativa é que ele se torne um elemento crucial na rede de defesa contra tempestades solares.

Investimento justificável

Mesmo com um alto no investimento da construção do ‘Vigil’, o valor se justificada pelo potencial de evitar danos econômicos consideráveis que uma tempestade solar pode causar.

Com o desenvolvimento do ‘Vigil’, a ESA e a Airbus dão um passo importante na proteção da Terra contra os efeitos adversos das atividades solares, garantindo maior segurança e resiliência para diversas tecnologias e serviços essenciais no nosso dia a dia.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...