INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Turismo

Associações temem impacto no turismo com volta da exigência de vistos no Brasil

Desde junho de 2019, cidadãos dos EUA, Canadá, Japão e Austrália haviam isenção de visto na entrada no país decretado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro, porém, a retomada da exigência de visto de turista está prevista para entrar em prática a partir do dia 1º de outubro.

A decisão da retomada se teve após a realização de consultas do governo Lula feitas a esses quatro países analisando a possibilidade de isentar cidadãos brasileiros de vistos no exterior, usando como principio o respeito da reciprocidade, este um conceito do Direito Internacional que estabelece que países devem ser tratados de forma igualitária.

Ainda em 2017, o Ministério do Turismo havia já proposto a isenção de visto para os 4 países, porém o Itamaraty foi contra a decisão ao entender que cidadãos Brasileiros deveriam ter os mesmos benefícios para que a troca justa de isenções pudesse ser feita de forma eficaz.

O Brasil não concede isenção unilateral de vistos de visita“, disse o Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty)

Segundo uma entrevista do g1, relata-se, através de um especialista em relações internacionais e duas associações ligadas ao turismo, quais seriam os impactos da decisão da retomada da exigência do visto.

De acordo com Vinícius Vieira, professor de Relações Internacionais da FGV, o retorno do visto é uma decisão acertada, pois “abrir mão da exigência do visto” automaticamente diminui o poder de barganha do Brasil em negociações externas.