INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Turismo

Cingapura e Zurique lideram ranking das cidades mais caras do mundo

Cingapura e Zurique lideram ranking das cidades mais caras do mundo

A crise global do custo de vida persiste, e os moradores de grandes cidades continuam a sentir seu impacto, com um aumento médio de 7,4% no custo de vida em 2023, de acordo com o Índice de Custo de Vida Mundial da Economist Intelligence Unit (EIU). Embora esse número seja ligeiramente menor do que o aumento de 8,1% registrado em 2022, ainda está muito acima das tendências históricas.

Os preços dos produtos de supermercado foram os que mais aumentaram, destacando os desafios enfrentados pelos consumidores. No entanto, há um alívio em relação ao ano anterior, pois os preços de serviços públicos, que lideraram o aumento no ano passado, apresentaram a menor inflação desta vez.


Cingapura e Zurique lideram ranking das cidades mais caras do mundo

Cidade Zurique. (Foto: reprodução/Seguros Promo)


As 10 cidades mais caras do mundo em 2023

Zurique e Cingapura

Nova York e Genebra

Hong Kong

Los Angeles

Paris

Tel Aviv e Copenhagen

São Francisco

A ascensão de Zurique ao topo, superando Nova York, foi atribuída à força do franco suíço e aos altos preços de mantimentos, artigos domésticos e recreação. Cingapura, por sua vez, destaca-se pelos custos elevados de transporte e roupas.

Cenário Global 

Enquanto a inflação está desacelerando devido à redução dos problemas na cadeia de suprimentos, os preços dos alimentos continuam a subir, afetando diretamente os consumidores. Upasana Dutt, chefe de custo de vida mundial da EIU, prevê uma desaceleração contínua em 2024, mas alerta para os riscos relacionados a conflitos armados e condições climáticas extremas.

Mudanças significativas foram observadas no ranking, com cidades russas como Moscou e São Petersburgo experimentando quedas acentuadas devido à desvalorização do rublo após a invasão da Ucrânia em 2022. Cidades chinesas também caíram posições devido à lenta recuperação pós-pandemia e demanda moderada do consumidor.

Damasco, na Síria, mantém-se como a cidade mais barata do mundo, enquanto Teerã, no Irã, e Trípoli, na Líbia, ocupam as últimas posições.

Foto Destaque: Nova York (Reprodução/Descubra EUA)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...